O Diretor Manoel Monteiro Neto, a Vice-Diretora Adriana Grani e o Coordenador do Curso de Direito Cristiano Carrilho representaram a Faculdade Metropolitana da Grande Recife na solenidade de lançamento da campanha de reconhecimento voluntário paterno “SEJA O HERÓI DO SEU FILHO”, na manhã desta terça-feira (26/07), no auditório do Fórum Thomaz de Aquino, onde, na ocasião, em solenidade prestigiada por autoridades e imprensa, foi assinado o acordo de cooperação da FMGR com o TJPE. À tarde, a coordenação do curso de Direito promoveu um workshop ‘PATERNIDADE, DIREITO DE TODAS E DE TODOS” no auditório do Fórum Rodolfo Aureliano, com a presença de autoridades e convidados e da coordenadora do NPJ, Fernanda Resende onde foram explicitados os aspectos sócio-jurídicos da questão.
A ação de iniciativa da Corregedoria Geral da Justiça de Pernambuco (CGJ-PE), conta com as parcerias do MPPE, Associação Pernambucana de Mães Solteiras (APEMAS), Curso de Direito da Faculdade Metropolitana e pelo menos outras dez instituições, entre elas Defensoria Pública, Secretaria Estadual da Infância e Juventude, cartórios de registro e conselhos da Criança e do Adolescente, entre outras. A Faculdade Metropolitana sediará o ponto atendimento da campanha na cidade de Jaboatão dos Guararapes que contará com a disponibilização de promotores de Justiça, juízes, defensores públicos, representantes dos conselhos tutelares além de alunos e professores voluntários neste evento de extensão que tem por objetivo implementar de forma excelente os objetivos do projeto pedagógico do curso de Direito e contribuir para a cultura da mediação e conciliação.
Em face da exigência legal, o procurador-geral de Justiça, Aguinaldo Fenelon, designou oito promotores para atuarem na campanha, sendo dois em cada uma das quatro Promotorias – Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes e Caruaru. Num discurso emocionado, a presidente da Associação Pernambucana das Mães Solteiras, Marli Silva, destacou sua gratidão ao engajamento da Faculdade Metropolitana na campanha: “Estou muito agradecida ao Coordenador do Curso de Direito, professor Cristiano Carrilho, Direção e a todos os alunos da Faculdade Metropolitana, por ter viabilizado a estrutura física necessária para realização do evento em Jaboatão dos Guararapes”.  Segundo Marli, a Associação existe há 19 anos e que luta diariamente para conseguir o maior número possível de registros de crianças em cartórios pelos pais. Pernambuco é o único estado no País a contar com essa associação. Para o corregedor-geral de Justiça de Pernambuco, desembargador Bartolomeu Bueno, o evento é importante porque faz com que crianças e adolescentes que não têm nome dos pais nos registros passem a contar isso. “Essas crianças sofrem discriminação nas escolas, na rua. Os coleguinhas brincam porque seus pais não vão às festas escolares. Depois que elas passam a ter o sobrenome do pai melhoram a auto-estima.
As escolas já constataram através de pesquisas que as crianças que não são reconhecidas pelos pais têm dificuldade de aprendizado”, declarou. O mutirão para o reconhecimento dos pais e filhos será feito nos dias 08, 09 e 10 de agosto, das 9h 30 às 17h, no Fórum Rodolfo Aureliano (Recife); no Fórum de Olinda e no Núcleo da Defensoria Pública de Pernambuco (Olinda), além da Faculdade Metropolitana do Grande Recife (Jaboatão dos Guararapes) e nas unidades prisionais da Região Metropolitana. Haverá uma capacitação na FMGR para os alunos que quiserem participar do evento. Os interessados devem procurar o NPJ.